10 Atitudes simples que fazem as crianças se sentirem mais amadas

Falta de tempo jamais pode ser desculpa quando o assunto é fazer com que seus filhos cresçam se sentindo amados e seguros.

Muitos pais se cobram por não poder passar mais tempo com os filhos, afinal, são tantas atribuições diárias, obrigações e problemas. O sentimento de culpa parece ser contínuo e isso acaba influenciando até na educação dos filhos, o que é muito preocupante.

Qualidade do tempo juntos é fundamental. Segundo afirmou o psicólogo e escritor argentino Sergio Sinay, “Tempo de qualidade é presença, dedicação, compromisso. Não há tempo de qualidade sem quantidade de tempo”.

Algumas atitudes simples podem fazer um grande efeito positivo na relação pais e filhos:

  1. Embale o seu sono

Dependendo da idade de seu filho, conte uma história, cante uma cantiga de ninar, ou só o abrace ouvindo uma canção relaxante. Embalar o sono de seu filho fará com que ele se sinta muito mais seguro e feliz.

  1. Valorize seus presentes

Um desenho, uma cartinha, um artesanato. Qualquer pedaço de papel que tenha sido feito pensando em você merece ser recebido com todo entusiasmo.

  1. Festeje cada encontro

Manifeste alegria cada vez que vocês se encontrarem, demonstre o quanto você fica feliz ao vê-lo. Não importa o quanto tenha sido difícil lá fora, abrace seu filho e sinta o amor que os une.

  1. Ouça com paciência

Acostume-se a dialogar com seu filho desde muito cedo. Esqueça os discursos e dê preferência às perguntas, assim você o instiga a falar de seus pensamentos e saberá a melhor maneira de orientá-lo.

  1. Faça a comida preferida dele

Sua criança vai vibrar cada vez que você se dispuser a agradá-lo pelo estômago, mais ainda se for feito por você. Muitos adultos declaram que estão relacionados com a cozinha os momentos em que se sentiram mais amados pelos pais na infância.

  1. Assista TV com ele

Aproveite o tempo juntos para assistir desenho animado e filmes do interesse dele. Seu filho vai adorar compartilhar esses momentos com você.

  1. Seja parceiro

Brincar com seu filho é uma maneira muito eficaz de manter a conexão com ele. Acompanhá-lo em jogos e brincadeiras é muito saudável para o desenvolvimento dele.

  1. Demonstre interesse

Crianças adoram inventar histórias, longas narrativas, muitas vezes desconexas. Procure não interromper seu filho e preste atenção no que ele diz. Isso tem grande importância para a criança.

  1. Seja sensível aos seus sentimentos

Nunca menospreze a dor de seu filho, mesmo que o motivo pareça muito banal para você. Seja empático, procure entender os acontecimentos sob a ótica dele. Seja sensível ao que ele está sentindo e apresente boas razões para superar. Seu filho vai aprender a confiar em você.

  1. Discipline com amor

No livro ‘Disciplina – Limite na medida certa’ o psiquiatra Dr. Içami Tiba orienta pais e professores a exercer sua autoridade educacional sem culpas, com segurança e bom senso. Afinal, ainda segundo o Dr. Içami “Quem ama, educa”.

O recomendável é planejar com equilíbrio os afazeres e responsabilidades, afinal a prioridade é sempre a família e a educação dos filhos jamais pode ser relegada. Cada fase da criança é importante para o seu desenvolvimento e os pais precisam estar atentos para que cresçam física, moral e espiritualmente saudáveis.

Então, “mãos à obra” que o tempo urge!

Fonte: Família