10 dicas para escolher um brinquedo

  1. O gosto da criança deve ser levado em conta, suas preferências, seu temperamento, suas habilidades e suas limitações. O brinquedo deve ser antes de tudo divertido, ao mesmo tempo em que contribua para sua formação.
  2. O conhecimento da idade e da fase de desenvolvimento na qual a criança se encontra é fundamental na escolha de um brinquedo adequado.
  3. Devemos procurar brinquedos que estimulem a imaginação, a criatividade , o raciocínio e o faz de conta
  4. É interessante buscar brinquedos que estimulem a interação humana.
  5. É muito fácil sucumbir ao personagem promovido pelo filme do momento. Não devemos deixar que modas passageiras constituam exclusivamente o conjunto de brinquedos da criança.
  6. Evitar que produtos eletrônicos ocupem a totalidade do tempo da criança.
  7. Não escolher brinquedos que agradam a você (com quais você gostaria de brincar), sem pensar na criança.
  8. Não se fixar apenas no aspecto estético do produto. levar em conta também aspectos como lugar disponível em casa, ruído e etc.
  9. Considerar se a criança já possui outros brinquedos semelhates ou do mesmo tipo. É importante criar uma variedade.
  10. Atentar para a segurança do produto (não deve conter peças pequenas para crianças até três anos; deve apresentar uma boa qualidade de fabricação; não possuir arestas cortantes e etc.