20 brincadeiras fantásticas para seu filho (sem usar tecnologia) – Parte 1

Para os dias em que a luz acaba ou mesmo quando a tecnologia enjoar, brincadeiras muito legais para a diversão das crianças e adultos.

Em época de tecnologia e de muita facilidade para ter as coisas, nada melhor que voltar um pouco no passado e reaprender brincadeiras superdivertidas, culturais e repletas de atividade física. Com a participação dos pais fica melhor ainda!

  1. Carrinho de mão: Uma criança finge que é um cachorro e coloca as mãos no chão para andar. Outra criança segura suas pernas como se estivesse empurrando um carrinho de mão. A criança carregada se equilibra para “andar” com as mãos.
  2. Telefone sem fio: Serão necessárias ao menos 4 crianças. Elas ficam enfileiradas e a primeira cochicha uma frase ao ouvido da próxima e assim sucessivamente até a frase chegar na última criança. Se a frase estiver correta, a primeira criança vai para o final da fila e a brincadeira recomeça.
  3. Morto-vivo: As crianças ficam enfileiradas e uma fica de fora para ser o comandante. Quando ela diz: vivo, todos permanecem em pé. Morto, todos se agacham. A sequência pode ser rápida.
  4. Estátua: O condutor da brincadeira define o tipo de estátua. Pode ser de um animal, por exemplo, cachorro, cobra, passarinho. Depois de feitas ele escolhe a mais bonita ou a mais engraçada e o vencedor será o próximo condutor.
  5. Estátua II: Uma música é tocada e todos dançam. Quando o condutor parar a música as crianças viram estátuas. O condutor as provoca e quem se mexer perde a brincadeira. O campeão será o novo condutor.
  6. Corrente: As crianças correm no espaço e quando o chefe conseguir tocar em uma delas, eles dão as mãos e continuam tentando tocar as outras. Conforme são pegos, todos dão as mãos formando uma imensa corrente.
  7. Proibido rir: Uma criança tenta fazer a outra rir a qualquer custo. Ela tenta não ceder.
  8. Código: As crianças podem criar códigos que só elas entendem, como a língua do P.
  9. Cinco pulos: Todos ficam alinhados e ao sinal dão 5 pulos para a frente. Quem for mais longe é o vencedor.
  10. Siga o mestre: Uma criança fica à frente de todas as outras, de frente para ela. Tudo o que ela fizer as outas devem imitar. Ela pode alterar quantas vezes quiser. Uma música pode determinar o tempo que ela ficará sendo o Mestre.

Fonte: Família