A nova tendência é criar os filhos sem pressa

Há algum tempo, pais e especialistas acreditavam na importância de estimular os filhos desde cedo para que eles pudessem desenvolver diversas habilidades ainda na infância. Afinal, é mais fácil aprender um novo idioma, um esporte ou a tocar um instrumento musical nesta idade.

Contudo, tornar estas atividades como parte de uma rotina pesada, com uma superagenda, começou a deixar algumas crianças estressadas, frustradas e cansadas.

Então surgiu um novo movimento, o Slow Parenting, com a intenção de repensar este estilo de vida e propor justamente o contrário: desacelerar.

O canadense Carl Honoré é um dos precursores desse movimento e, para ele, quem tem que começar a colocar o pé no freio são justamente os pais. “Devido à ansiedade em dar sempre as melhores oportunidades aos filhos, os pais tendem a antecipar descobertas que aconteceriam naturalmente em outro momento, provavelmente com mais sentido e com maior potencial para um real aprendizado”, explica Honoré a EBC.

Isso acontece desde os primeiros meses de vida, por exemplo, com a pressa que o filho engatinhe ou fale antes que os outros bebês de sua idade. Pais ansiosos passarão este sentimento aos filhos.

Por onde começar?

Para oferecer uma infância mais saudável, as crianças precisam de tempo livre. É nesse momento que elas soltam a imaginação e criam suas histórias e boas memórias da infância.

  1. Ouça seus filhos

Ao ouvir o que seu filho tem a dizer, vocês vão começar a construir uma relação de confiança.

  1. Menos atividades programadas

Não ocupe todos os dias de seu filho com atividades extras, escolham juntos uma ou duas que ele goste.

  1. Dê tempo

Faz bem ter momentos em que a criança não tem absolutamente nada a fazer, assim, ela terá tempo de relaxar e descansar.

  1. Tédio é legal

Nesse momento a criança pode exercer a sua iniciativa e criar novas atividades individuais ou em grupo.

  1. Família reunida

Junte a família para ficar sem fazer nada! Desliguem a TV, os celulares e outras distrações. Tenham tempo de olhar nos olhos uns dos outros e dar boas risadas.

  1. Fazer novas amizades

Os pais têm um papel importante na vida dos filhos, mas é importante também que eles tenham amizade e consigam brincar sozinhos com outras crianças da mesma idade.

  1. Tchau agenda!

Por fim, não será mais necessária uma agenda cheia de atividades e cobranças para que seu filho tenha uma infância feliz!